Em Laranjeiras, acontece neste domingo (22) a 1ª Cavalgada na cidade, com diversas atrações musicais e promete entrar para história dos vaqueiros no Nordeste.  O evento é uma realização do Governo Municipal, através da Secretaria Municipal da Cultura.

Segundo o prefeito do município, Paulo Hagenbeck nesta primeira edição o evento pretende regatar a tradição da raiz dos vaqueiros da região.  “A cavalgada é uma tradição e é uma prática que tenta promover uma união de fé e amizade. Além disso, as cavalgadas desempenham um papel importante no comércio das localidades onde são realizadas. Laranjeiras está sendo toda preparada para que os moradores e visitantes aproveitem de maneira segura e organizada o evento. Já solicitamos a presença da polícia, militar, civil, da cavalaria montada, do GTA, além do comparecimento da nossa guarda municipal dando total segurança ao evento. É bom lembrar que na Praça de Eventos o público presente vai poder dançar e cantar ao som dos cantores, Tayrone, Mano Walter e da banda Aviões, que vão se apresentar em dois palcos”, conta o prefeito.

Quem vai abrir e conduzir os cavaleiros e as amazonas pelas ruas da cidade será o sergipano, Devinho Novaes.  “Durante todo o percurso da cavalgada teremos sinalizações em placas e faixas indicando o trajeto e para ajudar o tráfego dos vaqueiros dentro do município. O desembarque dos cavalos será no povoado do Bom Jesus e o embarque acontecerá na avenida municipal da rodovia, Walter Franco”, detalha um dos organizadores do evento, Ruiter Cruz.

A secretaria municipal do turismo espera receber centenas de visitantes durante a cavalgada. “Este evento é uma forma de oferecer uma outra opção de lazer para o sergipano que gosta do universo rural e para o turista que está visitando Sergipe”, conta o secretário do turismo, Jorge Barros. Os organizadores também estão tendo o cuidado com o Centro Histórico do município e por isso, ele terá uma atenção especial.  “Será vetado o acesso à cavalo ao Centro Histórico da cidade. No entorno do “Centro Tombado”, teremos barricadas para coibir a passagem de cavalos”, conta a secretaria municipal da cultura, Gardênia Hagenbeck.

Fonte: Cassandra Teodoro/Diretoria de Turismo


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image