Espetáculo de Teatro "Caliban-A Tempestade de Augusto Boal" com a Cia Ói Nóis Aqui Traveiz/RS
Foto: Pedro Isaias Lucas

Sinopse

Para dar continuidade à pesquisa de teatro de rua, o Ói Nóis escolheu a versão de Augusto Boal de A Tempestade. Ele apropria-se da peça de Shakespeare e do pensamento do cubano Retamar para questionar a exploração da América do Sul pelo colonialismo europeu e para discutir a postura neocolonialista dos Estados Unidos.
A figura de Caliban em A Tempestade, de Boal, ratifica a fundação mais firme de uma representação voltada para as margens. Falar em Caliban como símbolo de nossa identidade e do teatro latino-americano, nos leva a explorar novas sendas, novas categorias e a possibilidade de pensar e fazer teatro de outro modo. Implica em tornar visíveis as inumeráveis contradições e complexidades que configuram as sociedades contemporâneas marcadas pela ferida colonial.

Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz
Foto: Antônio Garcia Couto

Para o Ói Nóis Aqui Traveiz, encenar “A Tempestade de Augusto Boal” é gerar outros discursos, histórias e narrativas, produzir e reconhecer outros lugares de enunciação. Caliban é a reivindicação da legitimidade do “diferente”.
Gênero: Teatro de Rua/ Teatro épico
Duração: 1h30min

Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz

Ficha Técnica
Criação Coletiva da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz
Adaptação para o texto “ A Tempestade de Augusto Boal
Música Original: Johann Alex de Souza
Direcão, Figurinhos, Máscaras, Adereços, Estrutura cenográfica: Criação Coletiva da Tribo
Atuadores: Paulo Flores, Tânia Farias, Clélio Cardoso, Marta Haas, Eugênio Barbosa, Pascal Berten, Paula Carvalho, Letícia Virtuoso, Roberto Corbo, Arlete Cunha, Júlio Kaczam, Lucas Gheller, André de Jesus, Daniel Steil, Keter Velho, Mayura Matos, Luana Rocha, Dalvana Vanso, Thales Rangel, Márcio Leandro, Alex dos Santos, Jana Farias e Pedro Isaías Lucas.

Data e Horário: 17/08/2017 às 16:00

Local: Praça Fausto Cardoso

Atrações:

Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz - Porto Alegre (RS)

A Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz surgiu em 1978, durante mais de três décadas construiu uma trajetória que marcou definitivamente a paisagem cultural do Brasil. Com a iniciativa de subverter a estrutura das salas de espetáculos e o ímpeto de levar o teatro para a rua, abriu novas perspectivas na tradicional performance cênica do sul do país.

A determinação em experimentar novas linguagens a fez seguir caminhos nunca trilhados por aqui. Com base nos preceitos de Antonin Artaud e do teatro revolucionário, investiga com rigor todas as possibilidades da encenação. Na busca de uma identidade, desenvolveu uma estética própria, fundada na pesquisa dramatúrgica, musical, plástica, no estudo da história e da cultura, na experimentação dos recursos teatrais a partir do trabalho autoral do ator, estabelecendo um novo modo de atuação

Pontos de Venda: Não Tem

Venda On-line: Não Tem

Classificação: Livre para todos os públicos

Valor: Entrada Gratuita


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image