spider anderson silva

O segundo teste surpresa realizado em Anderson Silva antes do confronto contra Nick Diaz no UFC 183, ocorrido em Las Vegas (EUA), retornou limpo. De acordo com a informação divulgada pelo site ?MMA Fighting?, não havia nenhuma substância ilegal no sangue do brasileiro no dia 19 de janeiro, quando o segundo exame foi realizado.

O teste que flagrou a presença de dois esteroides anabolizantes (drostanolona e androsterona) no corpo do ex-campeão do UFC foi realizado dez dias antes, em 9 de janeiro. O brasileiro vai a julgamento na Comissão Atlética de Nevada no dia 17 deste mês. De acordo com o diretor-executivo do órgão, Bob Bennett, não é possível dizer se esse segundo teste irá mudar a punição a Anderson, mas ele com certeza ameniza a situação do lutador.

?Não posso falar em nome do presidente ou ser presunçoso em qualquer maneira ao comentar sobre isso. Não é a minha posição, mas estamos felizes em receber este resultado?, afirmou Bennett também ao site americano.

Endocrinologistas garantem que as substâncias encontradas no sangue do Spider em seu primeiro teste ficam no corpo de uma pessoa por cerca de dois meses a partir do momento em que se faz uso das mesmas.

Além de Anderson, Diaz também foi flagrado no doping após o UFC 183. No entanto, o americano testou positivo para maconha e no exame feito após o evento. Bennett afirmou que Nick Diaz não foi testado em nenhum exame aleatório antes de lutar.

Fonte: Yahoo! Esportes


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image