spider doping

Anderson Silva rompeu o silêncio e falou pela primeira vez sobre o flagra no exame antidoping realizado dias antes da luta que marcou seu retorno ao MMA diante do americano Nick Diaz, no UFC 183, no último fim de semana. Em um comunicado emitido pelo seu empresário Ed Soares ao site ?MMA Fighting?, o brasileiro alega inocência e afirmou que está reunido com advogados para estabelecer qual será a sua linha de defesa no caso.

?Venho competindo nesse esporte por muito tempo. Essa foi a minha 19ª luta pelo UFC. Venho sido testado por várias vezes e nunca testei positivo para droga alguma. Não tomei qualquer substância dopante para aumento de performance. Minha posição posição sobre drogas é e sempre será a mesma. Eu sou um defensor deste esporte limpo.

Estou consultando meus advogados agora para saber todas minhas opções e pretendo lutar contra essa alegação e limpar o meu nome. Não vou mais fazer qualquer tipo de comentário até meu time de advogados me aconselhar a fazer isso?, diz o comunicado.

spider dopin

O lutador de 39 anos foi flagrado no exame antidoping por uso dos metabólitos de drostanolona e androsterona, substâncias que podem aumentar a massa muscular e melhorar o rendimento de um atleta. Spider havia vencido Nick Diaz por pontos, mas o resultado do duelo deve ser considerado como ?no contest? (sem resultado, em inglês). Além de Anderson Silva, o americano também foi flagrado no doping, mas para o uso de maconha.

Anderson deverá participar de uma audiência na Comissão Atlética de Nevada no dia 17 de fevereiro. Caso a contraprova do exame também teste positivo, Anderson pode perder a licença para lutar no estado americano e ser suspenso de nove meses a um ano.

Fonte: Yahoo! Esportes


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image