Não há nada mais desbravador do que a maternidade. Quando a gente engravida, tudo é uma novidade. Nos primeiros meses do bebê, cada gesto ou reação nos deixa eufórica de felicidade. E a alegria das descobertas acontece a cada minuto em que estamos com nossos pequenos. Seja no aprender a engatinhar, depois andar, correr, ou quando eles simplesmente nos chamam de mamãe e enchem nossos corações de ternura.

E essas descobertas não param. Antônio ultimamente resolveu mostrar um monte de novidades pra mim. Nos últimos dias o sono dele tá meio desregulado. Eu trabalhei várias noites nos festejos juninos e como ele estava acostumado a dormir agarrado comigo, teve um pouco de dificuldade nesses dias, mudando completamente sua rotina. Pra completar tem uma gripe insistente que ainda o acorda muito durante a noite com tosse, fazendo-o às vezes tirar cochilos fora de hora e alongando o horário de dormir a noite.

Mas um belo dia essa semana, resolvi começar a regular isso. Deitei com ele como de costume, por volta das 20h, depois do mingau e dentes escovados, comecei a conversar pra fazê-lo dormir. Nesse meio tempo ele fez cocô e pra deixá-lo quieto na hora da troca, dei um brinquedo que tem aqueles trequinhos para contagem. Pois bem. Comecei a contar para mantê-lo entretido, e tamanha foi a minha surpresa quando ele me acompanhou!

“Um, dois, teix, quatu, xinco, seix e seti”. Eu simplesmente não acreditei. Ele contou e me acompanhou tão naturalmente que a mãe boba aqui não conseguia parar de rir. Depois que ele cansou de contar pegou minha mão e disse: “Mamãe mão!” Colocou minha mão no bumbum dele e pediu para balançar para fazê-lo dormir. Fazia isso toda vez que eu parava! Eu, estarrecida, não acreditava em como meu bebê está crescido. É muita informação, vontade e atitude para o coração da mamãe babona aqui.

Mas o que me fez pensar mesmo, depois que ele dormiu e eu fiquei lá do seu lado o observando, foi em como nossos bebês crescem rápido. Como o mundo dinâmico às vezes não nos deixa perceber isso, e como, quando percebemos, é sempre em um momento em que não esperávamos nada disso. E olhe que as descobertas da maternidade vão muito além disso e eu sei que ainda vem muito mais surpresas pela frente.

*Foto do Post: Pritty Reis


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image