Com preços exagerados ou não, o guitarrista Marcão Britto, ex-Charlie Brown, entende o desejo do público.

— Não é só uma questão de ouvir a música… O CD traz a parte fotográfica e informações sobre o material. Tudo isso é importante para quem curte o grupo e o Charlie Brown sempre foi generoso com os fãs nesse sentido. Eu concordo com os compradores, pois eu também ainda sou colecionador.

Há pouco tempo foram relançados e remasterizados o primeiro disco da banda, Transpiração Continua Prolongada (1997) e o Acústico MTV (2003). Porém, Marcão confessa que até ele já ficou sem ter seus próprios trabalhos.

— Por incrível que pareça, certa vez eu não achava o segundo disco do Charlie Brown… Nem a gravadora tinha mais. Daí, um fã me deu de presente. E eu também tenho minhas relíquias em casa, como os singles de Rubão, Papo RetoLugar ao Sol, entre outros. Eles tiveram uma tiragem limitada, só para divulgação na época. É um mundo muito louco esse da música! (risos)

Fonte: R7, por Daniel Vaughan