ScreenHunter 002

O Guns n’ Roses volta ao Brasil no final deste mês de março para uma série de apresentações. Muita gente se questiona: será que vale a pena ver o Guns n’ Roses ao vivo sendo que apenas o vocalista Axl Rose pertence à formação original?

Bem, temos aqui cinco ótimos motivos para você não perder esse show.

1) A banda é um clássico e clássicos não morrem;

2) A voz esganiçada, rasgada, marcante e característica que faz de Axl um vocalista reconhecido já nos primeiros segundos;

3) Ouvir “Paradise City”, “Welcome to The Jungle” ou “Sweet Child O’ Mine” ao vivo é algo que não tem preço;

4) Poder dizer aos netos: “eu assisti o Guns n’ Roses ao vivo”;

5) Os shows recentes têm mostrado uma banda afinada e coesa e a passagem pelo Brasil promete.

O Axl está gordinho? Sim, ele está. Mas que importância isso tem? Está velho? Todos nós envelhecemos. A outra opção seria morrer jovem. Ele é cheio de defeitos, manias e maluquices? Quantos artistas também não são, portanto, qual a novidade? Tem artista que não usa roupa marrom. Tem artista que tem castelo com zoológico particular. Axl é só um cara um tanto esquisito. Os fãs irão vê-lo e outros deveriam experimentar.

A turnê sulamericana do Guns n’ Roses terá início no festival Hell And Heaven, no México e, após a passagem pelo Brasil, o Guns N’ Roses segue para Argentina e Paraguai. Saiba mais sobre as apresentações pelo Brasil em http://rockonline.com.br/guns2014/

fonte:territoriodamusica.com


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image