capa2 baixa

No momento em que o casal decide engravidar, a mulher deve imediatamente pensar em planejar na sua saúde física e mental. Não adianta engravidar de qualquer jeito. Sabemos que ?acidentes? acontecem com muito mais frequência do que gostaríamos. Ao mesmo existe uma grande parcela de mulheres que percorre um longo caminho até conseguir realizar este sonho. Ajuda muito estar com a cabeça boa e sem muitas ansiedades, o ideal é procurar um clínico geral ou obstetra e iniciar um check-up.

A obstetra provavelmente vai iniciar a futura mamãe em vitaminas específicas. Todos esses procedimentos são apenas o primeiro gostinho do que vem por aí. Quando o bebê estiver a caminho (ou bebês, né?) um mundo novo vai se abrir para o casal. Se mente sana é muito desejável, um corpo em dia é igualmente preferível.

Desnutrição não é termo que se usa só para os magros, mas para qualquer pessoa que não tenha seu metabolismo funcionando igual a um relógio suíço. A magreza, assim como a obesidade, são fatores de infertilidade e sérios problemas para a saúde. A gestante abaixo do peso ou que não ganha peso e a gestante acima do peso e que ganha peso rapidamente, inspiram os mesmos cuidados.

aju Fest foto

ALGUMAS DICAS SIMPLES AJUDAM QUALQUER FUTURA MAMÃE A NÃO SAIR DA LINHA:

1- Faça avaliação física, não pule exames e siga as orientações do seu obstetra e nutricionista. Se ainda na fase de planejamento, procure engravidar depois de ter perdido os 10 quilos que almeja, de ter baixado o colesterol, de desistir da dieta das papinhas de Hollywood. Acredite, você vai comer muita papinha depois que o seu filho nascer;

2- Não pule refeições. Comer ajuda a manter seu corpo funcionando melhor, grandes períodos de jejum podem causar sonolência, desmaio, hipoglicemia, enjoos, mal-estar, entre outros;

3- Procure trocar o pão e macarrão comuns pela versão integral, muito mais nutritivos e ricos em fibras;

4- Repare em quantas porções de vegetais e frutas você come diariamente;

5- Os desejos devem ser respeitados, mas nada de ter desejo de brigadeiro de panela toda semana;

6- Tenha a água, ou melhor, o gelo como aliado. Congele frutas picadas em formas de gelo, pois elas refrescam diminuindo o enjoo e a necessidade de doce a todo o momento;

7- Faça um diário alimentar. Nos dois primeiros trimestres o ideal é chegar a mais 100 calorias/dia para o bebê, e depois 300 calorias, sendo assim, pise no freio;

8- Faça escolhas saudáveis e inteligentes. Perceba o que te satisfaz; se qualidade, sabor ou quantidade;

9- Fique de olho na quantidade de sal, nada de usar saleiro em casa ou na rua;

10- Beba bastante líquido. Se antes do bebê sua dose era de 2 litros, pode colocar mais uma garrafa nessa história. A dica é levar sempre uma garrafinha com você. A água estará sempre a mão e vira desculpa: se você não está fazendo nada, se está esperando em alguma fila, beba água;

11- Coloque atividade física na sua vida. Fale com o seu obstetra e veja se ele libera caminhadas leves, hidroginástica ou yoga. Mexa-se.

No mais, passe esses nove meses se mimando muito. Massagens, comprinhas, drenagem linfática, cremes, velas perfumadas. Curta muito o seu marido. Façam passeios, pequenas viagens, namorem bastante. Afinal, depois disso, vocês vão passar o resto da vida mimando seu filhotinho.

Ciclo Nutri
www.ciclonutri.com

marca 2


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image