Aracaju 159 anos 2

Chorinho, forró e folclore, numa demonstração cultural do que há em Aracaju e no Estado. Assim foi a segunda noite de shows em comemoração aos 159 anos da capital sergipana, promovida pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Especial de Cultura (SEC/Funcaju). Pelo palco montado na Colina do Santo Antônio passaram no domingo, 16, Quinteto de Choro, Balaio de Fulô, Nino Karvan e Luiz Fontinelli, atraindo para o local onde nasceu Aracaju, casais de todas as idades, crianças e idosos.

A programação chamou a atenção do casal baiano Laerte e Elisângela Vieira. “Estamos aqui em Aracaju porque a minha esposa veio fazer a prova de um concurso. Como ouvimos a música, pois estamos hospedados na casa de um colega aqui próximo, resolvemos vir pra cá. É muito bom, pois é um estilo musical que a gente não escuta sempre”, disse.

Pela internet a autônoma Marilene Silva Santos, 66 anos, ficou sabendo da programação. “Moro no Augusto Franco e vim pra cá com minha filha e meu genro, pois gosto demais de chorinho, que é um ritmo da minha época. Muito bom o show aqui, aberto para todos, para jovens, adultos e crianças. Todos podem ouvir boa música, com tranquilidade e sem baderna”, comentou ela, que pretende ir também as comemorações do aniversário de Aracaju que acontecerá na segunda, 17, no conjunto Inácio Barbosa.

A noite foi também de lançamento do recém criado grupo Quinteto em Choro. “É muito bom estarmos inseridos nesta programação comemorativa de mais um aniversário de Aracaju. E também marca o início do nosso grupo, que pretende levar ao público o choro tradicional, misturado com músicas modernas”, informou o cantor e compositor Muskito.

Na batida ritmada da zabumba e do triângulo, o Balaio de Fulô cantou músicas que lembram os grupos folclóricos do Estado e compostas por cantores sergipanos. Os integrantes se despediram do povo passando em meio à plateia, arrancando aplausos dos presente à praça Siqueira de Menezes.

A data em que Aracaju completa 159 anos de fundada começou com festa, já nas primeiras horas do dia 17 de março, com direito a parabéns e bolo, no bairro onde a cidade surgiu. Ao som de Nino Karvan, os presentes acompanharam os parabéns, saudando a cidade.

A realização dos shows na Colina do Santo Antônio, com artistas locais, de acordo o secretário Especial de Cultura, Josenito Vitale (Nitinho), reforça a política de valorização da cultura da cidade, que vem sendo colocada em prática pelo prefeito João Alves. “Estamos registrando mais um momento em que os cantores sergipanos podem mostrar o talento, não só para os aracajuanos, mas também para quem visita a nossa cidade, num local histórico, pois foi aqui que nasceu Aracaju”.

Na segunda tem mais comemoração. Os shows acontecerão a partir das 15h, no conjunto Inácio Barbosa. No palco, montado no local de partida e chegada do passeio Aracaju de Tototó, se apresentarão Robertinho dos Oito Baixos, Edgar do Acordeon, Três Moleques e Sergival.

Fonte: SECOM Aracaju


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image