O embaixador  Csaba Szijjártó  com a guia do museu Max em Xingó

O embaixador da Hungria no Brasil, Csaba Szijjártó encontra-se em Sergipe desde o início da semana com o intuito de conhecer os pontos turísticos do estado e estreitar o relacionamento do seu país com o nosso estado. Durante a visita, o embaixador teve a oportunidade de conhecer os principais roteiros turísticos de Sergipe, a convite do governador, Jackson Barreto e do secretário de Turismo (interino), José Roberto Lima.

Em visita ao centro histórico de Aracaju, o embaixador e sua esposa ficaram encantados com a construção dos prédios antigos e com o Museu da Gente Sergipana e o Palácio Museu Olímpio Campos. ?Nós estamos encantados com Sergipe, Aracaju com seus parques, orla e os seus museus fazem de sua gente pessoas sempre contentes. É possível ver pessoas fazendo esportes a qualquer hora do dia. Aracaju é uma cidade linda e cheia de opções de lazer para a sua gente. Outra coisa que chamou minha atenção foi a enormidade dos mercados municipais da cidade que é muito diferente de tudo que já visitei, com um artesanato bonito e não poderia deixar de registrar, o Museu da Gente Sergipana que pra mim é único da America Latina e um dos melhores, já que não é nada convencional.?

Mesmo já conhecendo muitas cidades coloniais do Brasil como, Paraty (RJ), Olinda (PE), São Luiz (MA), Tiradentes e Ouro Preto (MG), o embaixador se encantou com as peculariedades das cidades históricas de São Cristovão e Laranjeiras. ?São Cristóvão é merecedora do titulo de Patrimônio Mundial da Unesco, o conjunto existente na Praça São Francisco é fantástico e exclusivo em todo continente americano. Laranjeiras, mesmo passando pouco tempo, me fez recordar a Bahia sendo visto do alto,? destaca.

Na cidade de Canindé de São Francisco, Szijjártó realizou o passeio pelo Cânion do São Francisco. Lá também teve a oportunidade de conhecer o Museu de Arqueologia de Xingó (MAX), da Universidade Federal de Sergipe (UFS). ?Este museu guarda um tesouro do homem que tem um valor cultural inestimável para a humanidade. Após tantas descobertas só tenho que agradecer a todos que me acompanharam e principalmente ao governador de Sergipe e do secretário por esta oportunidade de conhecer esse paraíso que é Sergipe”, disse encantado.

Parcerias

De acordo com Csaba Szijjártó, a Hungria é um país que tem interesse em desenvolver parcerias com estados menores por ser também um país pequeno e como não possui nenhuma matéria prima, a única coisa que pode exportar é a tecnologia. ?Essa minha visita foi feita com este intuito, de fazer mais contato e fechar no futuro uma grande parceria e cooperações em várias áreas como científica, cultural e até na econômica com Sergipe. Nós procuramos sempre fechar com estados menores, já que podemos entender melhor estes estados por sermos também um país pequeno. Estamos abertos para estabelecer boas relações e nos colocamos à disposição para colaborar com o estado”. expôs.

Fonte: Imprensa SETUR


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image