A cantora Sandy, que começou sua carreira com apenas seis anos de idade, ao lado do irmão Júnior, revelou em entrevista ao Conversa com Bial que vai ao ar na quarta-feira, 11, que não pretende deixar que seu filho trilhe o mesmo caminho.

“Enquanto ele for criança, a gente não vai deixá-lo ser artista. Pra gente, essa história deu certo, mas a chance de dar errado é muito grande”, explica a cantora, que admite enxergar musicalidade em Theo, de quatro anos, filho que tem com o também músico Lucas Lima.

Sandy também relembra que tinha vontade de seguir uma carreira musical desde cedo: “A gente chantageou muito meu pai para que ele deixasse a gente cantar. Como meu avô o apoiou quando ele começou, a gente insistiu, dizendo que nosso avô tinha incentivado os filhos”.

Sua mãe, Noely Lima, também participou da conversa: “Não me restou nada a não ser apoiá-los. Sempre foi a nossa prioridade que eles tivessem os deveres e recebessem todos os ‘nãos’; tinham que ser crianças, como qualquer outra. A gente dizia a eles: ‘Vocês não são, vocês estão no sucesso agora'”.

Fonte: Estadão


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image