“Este último ano tem sido sobre matar meu ego”, diz Katy Perry sobre álbum “Witness”

Em entrevista à revista americana Glamour, a cantora falou sobre o mau desempenho do disco em 2017

Recheio da nova edição americana da revista Glamour, Katy Perry falou sobre o mau desempenho do álbum “Witness“, lançado no ano passado. Considerado por muitos como um disco “flopado”, que não conseguiu superar o sucesso de álbuns anteriores da cantora, o material foi “uma experiência válida”, segundo Katy.

“Este último ano tem sido sobre matar meu ego, o que foi realmente necessário para minha carreira. Mas para a minha vida pessoal, não funciona dessa maneira. Se eu quiser ter o equilíbrio verdadeiro, eu tenho que passar a ser Katheryn Hudson”, disse a voz de “Firework“.

Embora a entrevista não tenha sido conduzida para abordar os números de “Witness”, Katy não fugiu do assunto e falou de expectativas frustradas. “(…) Você sabe, eu tinha muitas expectativas no fim de 2015 e no fim de 2016, que não foram alcançadas. Foi a primeira vez, em muito tempo, que não aconteceu como eu queria. Acho que foi o universo me testando e dizendo ‘vamos ver se você realmente se ama’. Foi um desafio para mim, porque eu não tinha percebido o quanto eu confiava na validação externa”.

Na entrevista, a americana comentou que antes não se preocupava com as críticas, mas percebeu a importância da “validação externa”, segundo suas palavras, quando saiu dos holofotes do sucesso. 

“(…) Uma vez que você é expulsa da montanha, você se dá conta que o clima é realmente melhor no topo. Tem sido realmente necessário para mim passar por isso. Eu aprendi que as pessoas não se relacionam com alguém que é perfeito ou sempre ganha. Você nem sempre pode estar sentado empoleirado no topo da montanha”, conclui a artista.

Ouça as músicas de Katy Perry no Vagalume!

Fonte: Vagalume


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image