ONUU

O governo dos Estados Unidos afirmou ontem, terça-feira (8), que comunicou o governo do Irã de que a escolha de indicar Hamid Abutalebi como embaixador do país na Organização das Nações Unidas (ONU) é “inviável”. O anúncio foi feito um dia depois de que os senadores norte-americanos passaram uma lei que barra Abulatebi de entrar no território dos EUA.
“Informamos o governo do Irã que essa escolha em potencial é inviável”, afirmou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, em entrevista coletiva. Ele não deu detalhes sobre o comunicado, e não explicou se isso significa que Abulatebi seria impedido de entrar no país.
Alguns membros do Congresso americano expressaram sua revolta ao saberem da escolha do veterano diplomata iraniano. Eles o acusam de ter participado da crise entre Irã e EUA entre os anos de 1979 e 1981, quando funcionários da embaixada dos Estados Unidos em Teerã foram feitos reféns durante 444 dias.

Fonte: Globo.com


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image