governador jackson

O cidadão santa-rosense Jackson Barreto de Lima (PMDB) foi diplomado na tarde de ontem, em Aracaju, como governador do Estado de Sergipe eleito após vencer com mais de 530 mil votos o último pleito eleitoral realizado no mês de outubro. A solenidade oficial realizada no Teatro Tobias Barreto contou ainda com a presença de todos os deputados estaduais e federais que obtiveram êxito na disputa popular. Distante dos grupos sindicais que se mobilizavam nas intermediações do teatro, os administradores públicos evitaram conceder entrevistas sobre temas polêmicos e apenas enalteceram os desafios a serem enfrentados nos próximos quatro anos. Para os reeleitos, a garantia é de serviços dobrados; para os novatos, fica a promessa de mudança.

Sucinto nas palavras, Jackson Barreto chegou acompanhado de assessores e destacou o evento como mais um aspecto positivo para da democracia brasileira. Durante o depoimento o chefe do executivo estadual ressaltou a importância do governador Marcelo Déda Chagas para a construção de um novo projeto pensado para todos os sergipanos, onde os pleitos de todos os municípios e categorias devem ser debatidos a fim de resultar em projetos que qualifique a vida dos sergipanos. Se mostrando satisfeito com a atual conjuntura, Barreto não deixou de destacar o compromisso com todas as promessas de campanha apresentadas aos eleitores.

“Graças ao comprometimento do nosso governo com o progresso de Sergipe, nós, que começamos a avançar com o trabalho do companheiro Marcelo Déda, estamos aqui mais uma vez para sermos diplomados e ressaltar o nosso compromisso com todos. Sergipe continuará avançando como bem deseja o nosso povo”, declarou. Presidindo a solenidade, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE), Cenário Siqueira Neto, discursou para o público presente e repetiu parte do pronunciamento feito quando tomou posse como presidente do TRE/SE. Para o jurista, a democracia é a base progressista do Brasil.

“Nada melhor que este processo democrático para que todos nós possamos escolher os nossos governantes diante da ideologia de cada cidadão apto para ir às urnas. Cada um contribuiu para que os assuntos que visam melhorar a vida do povo fossem debatidos estrategicamente e que a partir de janeiro devem ser postos em pratica”, declarou. Ainda segundo o presidente da corte, a Polícia Militar e as guardas municipais das cidades de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Estância foram fundamentais para o sucesso do pleito eleitoral. Paralelo a ação policial, a participação dos eleitores e voluntários também foram os destaques das Eleições 2014.

“Não poderia deixar de parabenizar todos os candidatos eleitos, os não eleitos, os agentes de segurança que garantiram à normalidade das votações, e aos sergipanos voluntários que acreditam no futuro do Brasil e decidiram contribuir de alguma forma nas últimas eleições. Que os compromissos sejam respeitados e resultem em avanços”, pontuou Cenário Siqueira Neto. Após execução do Hino Nacional, a primeira diplomacia protocolada foi destinada à deputada estadual eleita pelo PDT, Silvia Fontes. O deputado reeleito Luiz Mitidieri (PSD), por apresentar problemas de saúde, foi representado pelo filho Fábio Mitidieri.

“O sentimento é de confiança e agradecimento ao povo de Sergipe. Agora é o momento de por em pratica todas aquelas promessas que fizemos. Não irei desapontar nenhum cidadão que depositou o voto de confiança, nem aos que não votaram no nosso projeto. Agora, eu passo a defender os interesses de todos os sergipanos”, disse Silvia. A cerimônia registrou também a presença do vice-presidente e corregedor, desembargador Osório de Araújo Ramos Filho, de membros do pleno, representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, de âmbito estadual e municipal, familiares e amigos dos diplomados.

Ao todo a Justiça Eleitoral de Sergipe oficializou a diplomacia de 47 candidatos eleitos e suplentes. O vice-governador, Belivaldo Chagas Silva; a senadora reeleita, Maria do Carmo do Nascimento Alves, e seus dois suplentes, Ricardo Barreto Franco e Virginio José de Carvalho Neto; também foram contemplados. Concluída essa etapa burocrática, os candidatos eleitos em Sergipe tornam-se aptos para tomar posse no cargo para quais foram democraticamente escolhidos nas Eleições do dia 5 de outubro. Marcado para começar as 16h, a solenidade registrou atraso em virtude de técnicos do TRE estarem concluindo as prestações de contas apresentadas pelos candidatos.

“Hoje é mais um daqueles dias que subimos ao palco do Teatro Tobias Barreto para receber essa condecoração do Tribunal Regional Eleitoral e reassumir todos os nossos compromissos firmados em cada caminhada, plenária e diálogo com as comunidades de todos as regiões sergipanas. Vamos honrar o nosso projeto mais uma vez aprovado pelos sergipanos”, declarou o deputado federal reeleito, Valadares Filho do PSB. Eleito para ocupar pela primeira vez uma cadeira n Câmara dos Deputados Federais, em Brasília, o petista João Daniel, líder do Movimento dos Sem Terra falou ao Aracajufest quanto aos desafios futuros e a nova forma de governo.

“Conquistamos neste pleito 52.999 votos concedidos pelos companheiros que nos acompanham nessa caminhada e sabem muito bem do nosso compromisso com a verdade e o direito de uma vida cada vez mais digna. Agora vou ampliar os trabalhos pelo Brasil e por Sergipe. Continuaremos dispostos a estender os debates sociais”, afirmou João Daniel.

Vangloriado – O momento auge e de grande manifestação pública foi quando o suplente de deputado federal Mendonça Prado foi convidado para ser diplomado. Calorosamente aplaudido, o parlamentar agradeceu às manifestações de solidariedade. “A resposta do povo é dada a cada aperto de mão e mensagem de carinho. Agradeço a todos os sergipanos que acreditam no nosso trabalho e sabem o quanto me dedico ao bem desse estado. Muitíssimo obrigado a todos”, disse.

Fonte: Por Milton Júnior (Aracajufest)


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image