1200x.jpg

Justin Bieber está enfrentando mais um grave problema com a Justiça. Bieber, que recentemente foi condenado a pagar R$ 200 mil para um ex-vizinho, pode ser preso se não comparecer a um tribunal na Argentina.

De acordo com o tabloide britânico Daily Mail, o juiz Facundo Cubas, da Argentina, sentenciou que o cantora precisa voltar a Buenos Aires para responder algumas perguntas sobre o caso em que seu segurança agrediu um paparazzo, em novembro do ano passado. A justiça da Argentina emitiu uma ordem para a Interpol, pois assim tem todos os meios necessários para conseguir notificar Bieber, que tem até 60 dias para comparecer ao tribunal argentino para prestar os devidos esclarecimentos.

Ainda segundo a publicação, se o cantor não aparecer, pode ser preso nos Estados Unidos e deportado para seu país, o Canadá. Em um vídeo da briga, o paparazzo Diego tenta fotografar Bieber na saída de uma boate. O cantor sai do local cobrindo o rosto e seu segunrança empurra e agride o paparazzo. Além disso, o astro teen chegou a ser expulso do hotel em que estava hospedado em Buenos Aires. Bieber está em liberdade condicional depois do episódio em que aparece jogando ovos na casa do vizinho.

Fonte: E! Online Brasil


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image