praça do coqueiral

Após várias décadas sem a existência de um espaço de lazer, a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) deu início à construção de uma praça no bairro Coqueiral, zona Norte da capital. A iniciativa do poder público partiu após várias denúncias dos moradores da localidade. Os cidadãos se queixavam que o espaço era utilizado para descarte indevido de lixo – prática que incomodava boa parte das pessoas que habitam nos arredores da futura área de lazer.

Moradora do entorno, a dona de casa Maria da Conceição Santos reconhece a melhoria. Na avaliação dela, o melhor benefício foi se livrar da lixeira que ficava no local e advertir a população que ali é um espaço destinado ao lazer. “Com certeza está melhor do que antes. Não sofro mais com o mau cheiro e moscas que eram atraídas pelo lixo”, reforça. Ceiça, como costuma ser chamada, espera que a população saiba utilizar o espaço e, sobretudo, conservar. “Foram tantos anos esperando para que fizessem a pracinha e nos livrar do lixo que se amontoava. Sem zelo, não adianta nada”, reforça

Já a dona de casa, Daiana Maria dos Santos, mora em frente ao local e está bastante ansiosa e animada com as obras da praça. A expectativa dela é a de comercializar produtos alimentícios na calçada de sua residência para os futuros frequentadores da área. “Antes eu tinha que conviver com a carniça que ficava em frente de casa. Hoje, só por causa da demarcação e inicio das obras, já conseguimos nos livrar do lixo que as pessoas jogavam ali. Agora, temo um verdadeiro espaço que valorize nossa região e que no futuro possamos levar nossas crianças para brincar e eu possa vender minhas coisas”, salientou.

Também satisfeita com o melhor aproveitamento do espaço, a dona de casa Edmeire dos Santos torce para que, após a inauguração da praça, o local não seja entregue a marginalidade. “Fico feliz por não termos mais os montes de lixo, mas, espero que a praça seja realmente utilizada para o lazer de gente de bem. Coisas boas acontecem, mas, temo que a pracinha seja tomada por traficantes e usuários de drogas”, adverte.

Fonte: Secom Aracaju


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image