uma dose de tudo 2

image1Olá meus lindos, esta semana quem ficou responsável por postar aqui na coluna, sou eu, Analú.

Hoje o post é sobre amor próprio. Sim, é um tema muito falado, porém não é utilizado da forma que deveria. Quando nós falamos de amor próprio, pensamos logo em uma pessoa que levou um “pé na bunda” e está tentando dar a volta por cima. Quando ,na verdade, não é assim. O amor próprio é transparente, não tem disfarces, nem mentiras. O amor é o sentimento mais bonito que existe. Contudo, quando ele vem de dentro e consegue transcender para as outras pessoas… Ah, aí que esta o ponto que eu quero chegar.

Quando você está bem, quando seu amor ultrapassa todos os limites, você vai ser a pessoa mais feliz do mundo. Mas calma, não estou querendo dizer que tudo na vida é felicidade; Não estou falando que dias tristes não vão existir, que não haverá choro, berros, esperneios. Existe tudo isso sim! Mas, também,existe alegria, gritos de felicidade e o amor, muito amor! Quando você passar por todas as fases, como em um joguinho mesmo, você vai ver que a nossa felicidade não deve ser depositada à ninguém e – me desculpe Vinicius – mas não é impossível ser feliz sozinho. Claro que é possível! Para que tudo dê certo no final das contas, você tem que amadurecer, crescer, e aí sim ,finalmente, partilhar da sua felicidade com alguém. Não depende dos outros.

Jamais esqueça que tudo passa, e que o segredo de tudo é viver com intensidade. Sofrer faz parte. Porém, perto do seu amor, vira apenas um mero detalhe!

Quer conferir todo o nosso conteúdo?! Dá um pulinho lá no blog:umadosedetudoblog.wordpress.com/

Beijos, Analú ;*

Sigam: @susudantas @viajanalua
@earaaujo @thialyhs

umadosedetudo


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image