A1

E a busca desenfreada para emagrecer continua, a busca por soluções milagrosas, uma delas é o tal do AEJ ( Aeróbio em jejum) assunto antigo, mas que muita gente não entendeu ainda a sua ineficácia, mas o que é o AEJ professora?

A2

Consiste em realizar exercícios aeróbicos contínuos de intensidade leve a moderada com duração em média de 20 a 60 minutos assim que acordar, esse é um dos protocolos mais usado, ou seja, você dorme por 10 ou 12hrs, depois desse período sem se alimentar você vai praticar alguma atividade aeróbica, bom tem gente que consegue, eu pelo menos acordo as 5hrs da manhã morrendo de fome, jamais me adaptaria a esse tipo de treinamento, jamais faria também pela sua ineficácia e riscos, muito esforço e sacrifício para resultados insignificantes.

A3Apesar de se falar em Aeróbio em Jejum, muitas vezes são ingeridos alguns suplementos antes da realização dessa atividade no intuito de prevenir a perda de massa muscular. Para compreender onde reside a incoerência dessa prática, é preciso lembrar que a glicose é fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo. O cérebro, por exemplo, só funciona na sua presença.

Quando passamos muito tempo sem nos alimentar, a glicose sanguínea (glicemia) pode cair bastante, instaurando um quadro conhecido por hipoglicemia (McArdlle, 2008). Dores de cabeça, tontura, enjoo, náuseas, escurecimento da vista, desmaio e, em casos extremos, coma seguido de morte, são consequências da falta de glicose no sangue.

A4
Professora e os fisiculturistas eles fazem AEJ e olha só o resultado deles. Tem razão, belos corpos né? Mas além do AEJ eles também treinam sério, pesado, intenso todos os dias, muitas vezes mais de uma vez ao dia, possuem um controle rigoroso da dieta, fazem uso de esteróides anabolizantes para aumentar a massa muscular e consequentemente a Taxa Metabólica de Repouso, ingerem substâncias termogênicas, como efedrina, sibutramina, cafeína, etc… E você quer que eu acredite que uma atividade aeróbia de baixa intensidade, dentro da FATmax, durante alguns minutos, em jejum, que não oxida o equivalente a uma gota de azeite, é a responsável pelos baixos % de gordura?

A5

Se for pra oxidar gorduras, não treine em jejum. Uma refeição leve antes do treino elevou a oxidação de gorduras pós treino por mais de 24 horas, enquanto o jejum não.
Bom se você insiste dizer que com fulano A ou fulano B o AEJ funcionou, investigue mais a fundo como é feito esse AEJ, como é seu treinamento e dieta. Se ainda ficaram várias dúvidas procure seu professor, escute várias opiniões, mas se a maioria delas for a favor do AEJ aconselho você rever quem são os profissionais que te orientam.

Fonte: Gease.pro.br

E ai, curtiram? Próxima semana tem muito mais pra vocês!

Beijos,

Flávia Teles
Educadora Física & Personal Trainer
Tel.: +55 79 9976-0460 | E-mail: flavinha_teles22@hotmail.com


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image