Opção barata e fácil de preparar, o ovo pode ser base de pratos requintados

ovoO ovo é um ingrediente simples, barato e gostoso.

O mais democrático dos alimentos, o ovo é a solução simples para os que não sabem cozinhar e, ao mesmo tempo, elemento imprescindível para quem faz da culinária sua arte. Mas, apesar da versatilidade, que atende a todos os bolsos, gostos e habilidades, ele é, muitas vezes, ofuscado pelo glamour de companheiros mais ilustres.

A campanha negativa contra os ovos, por conta do medo da bactéria salmonela ou do alto teor de colesterol, acabou tornando o alimento um ?vilão? e o deixou à margem da discussão sobre gastronomia em todo o mundo. Na verdade, segundo pesquisas mais recentes, eles são altamente nutritivos. São ricos em proteínas, lipídios, vitaminas e minerais, entre eles o ferro e o zinco. Fornecem proteína de primeira classe e são pobres em sódio. Um ovo médio contém apenas 78 calorias.

Na culinária francesa, principalmente na parte de confeitaria, o ingrediente é a base para a maioria dos pratos – o ovo é muito importante para a textura dos molhos, do suspiro e dos cremes. Sua importância é tanta que a habilidade de um chef em preparar diferentes tipos de ovos determina a sua ?graduação? na cozinha.

De fato, o ovo é um ?curinga?, por ser barato e versátil. Uma de suas características é que ele pode ser um prato muito básico ou mais refinado, dependendo do que você agrega a ele. Tem como colocar alguns ingredientes para incrementá-lo, para que fique mais saboroso e delicado. As combinações podem também resultar em pratos inesperados. Por aqui, aparentemente a preferência é pelo uso em receitas de sal, mais simples, feitas em casa. Existem técnicas para fritá-lo com perfeição, com a clara coagulada sem marcas e gema mole e quente. O domínio das diferentes técnicas permite ?tirar o máximo do potencial? dos ovos. O ovo pochê perfeitamente cozido, com a clara coagulada, a gema quente e mole representa bem a idéia de simplicidade, sabor e sofisticação.

O ovo também é protagonista de outras receitas famosas, como fritadas, rolo de ovos recheado, fricassé de ovos e omelete. Na parte de sobremesas quem não conhece a receita ovos nevados. Presente nos cardápios de restaurantes famosos, ela agrada a gregos e troianos. Aqui, sugerimos uma saborosa receita de sobremesa que leva esse versátil ingrediente: Romeu e Julieta . Bom apetite!

Receita da Semana

Ovos nevados com creme inglês

receita

INGREDIENTES

*8 ovos (claras e gemas separadas)

*10 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro, peneirado

*1 litro de leite

*1 colher (café) de maisena

*30 gotas de essência de baunilha

MODO DE PREPARO

1. Ferva o leite com três colheres (sopa) de açúcar. Depois acrescente cerca de 30 gotas da essência de baunilha

2. Bata as claras em neve de modo firme e incorpore três colheres de açúcar de confeiteiro.

3. Molde o suspiro com colheradas grandes, ajudando com outra colher, e cozinhe no leite, fervendo (virando depois de 1 minuto). Quando estiver firme, retire com escumadeira, escorra e reserve.

4. Separe bem qualquer parte remanescente de clara que tenha ficado junto com as gemas. Coe o leite do cozimento das claras e ponha para esquentar.

5. Bata as gemas num panela, com as quatro colheres (sopa) de açúcar e a farinha, até branquear. Despeje o leite quente, pouco a pouco, sobre as gemas, batendo suavemente. Leve ao banho-maria ou ao fogo baixo, mexendo sempre, mas em bater. A consistência desse creme estará boa quando você mergulhar a colher e ela sair coberta pelo creme. Esfrie, colocando em “banho-maria gelado”.

6. Escolha uma bonita vasilha, despeje nela o creme de gemas e coloque sobre ele os suspiros de clara cozida.

Sugestão: Você pode decorar com fios de caramelo sobre os suspiros.

Rendimento: 6 a 8 porções

Harmonização

vinho

Chartron La Flelt, vinho branco seco, produzido na França com uvas Sauvignon Blanc.

Até a próxima semana!!!

Abraços,

Osanilde Oliveira.


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image