poluição

Pequim – A poluição do ar provocou modificações genéticas que podem ter debilitado as habilidades de aprendizado de crianças cujas mães foram expostas a uma fábrica chinesa de energia a carvão antes do seu fechamento há uma década, de acordo com os pesquisadores.Os bebês nascidos no condado de Tongliang, no sudoeste da China, pouco antes do fechamento da fábrica, em 2004, tinham níveis significativamente mais baixos de uma proteína crucial para o desenvolvimento do cérebro no sangue do cordão umbilical do que os que foram concebidos posteriormente, segundo um relatório do dia 19 de março da revista Plos One. Eles também apresentaram menos habilidades de aprendizado e memória quando testados aos dois anos, de acordo com a pesquisa realizada pela Universidade de Columbia e a Universidade de Medicina de Chongqing.

?Eu não previa que a diferença seria tão evidente ao comparar o primeiro e o segundo grupo, e isso mostra o quanto políticas eficientes podem afetar as populações locais.?, disse Deliang Tang, da Columbia, principal autor do relatório.

As descobertas se somam a um corpo crescente de provas dos efeitos colaterais adversos à saúde provocados pela crise de poluição da China, que inflamou a indignação pública e obrigou os governantes a se comprometerem com iniciativas mais fortes para proteger o meio ambiente. A poluição do ar pode provocar câncer de pulmão e está relacionada a um maior risco de câncer de bexiga, disse em outubro uma repartição da Organização Mundial de Saúde, que a classificou como cancerígena pela primeira vez.

Funcionários de Tongliang, uma cidade de 800.000 habitantes perto de Chongqing, fecharam a fábrica de energia em maio de 2004 e a substituíram pelo sistema elétrico da rede nacional, de acordo com o relatório. A pesquisa analisou dados sobre as crianças até a idade de dois anos.

Principal poluidor

A fábrica era a principal fonte de poluentes do ar do condado quando foi fechada. Ela expelia 2.000 microgramas de partículas por metro cúbico de ar, 8 vezes os padrões de emissões dos EUA à época, e incluía partículas inaláveis, dióxido de carbono, dióxido de enxofre e metais pesados, conforme o relatório.

fonte: exame.abril.com.br


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image