sec meio ambiente fotos sergio silva 16

No dia em que a Prefeitura de Aracaju comemora um ano de fechamento do lixão, que trazia riscos à saúde do aracajuano, o prefeito João Alves continua investindo no meio ambiente e começa o Plano de Arborização do Município. Na manhã de ontem, 1º, o prefeito e o vice-prefeito José Carlos Machado plantaram as primeiras 20 mudas de Ipê na rótula da avenida São Paulo.

No primeiro momento serão 10 mil novas árvores distribuídas pela capital. A Embrasil, empresa vencedora da licitação, é responsável pelo plantio e manutenção dessas mudas durante cinco anos. Ao todo, serão 45 mil novas árvores plantadas em Aracaju até 2016.

A capital sergipana hoje possui o pior índice de área verde, com apenas um metro quadrado por habitante, sendo que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde, e também adotado pela ONU, é de no mínimo 12 metros quadrados.

Atualmente o que existe de área verde em Aracaju foi implantada através de um projeto realizado há 38 anos, na primeira gestão de João Alves como prefeito. Assim, há a necessidade urgente de fazer o plantio de novas mudas, já que isso reflete diretamente na saúde da população.

Preocupado com essa situação, o prefeito João Alves desenvolveu, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, o Plano de Arborização de Aracaju que, em três anos, permitirá que o município esteja de acordo com os índices exigidos pela ONU.

De acordo com o prefeito, além de ser um projeto que promoverá o bem estar da população, não haverá custos extras à Prefeitura, já que a Embrasil será responsável pelo plantio, manutenção e substituição das mudas, caso seja necessário, tendo em contrapartida um espaço para divulgação nas cercas de proteção das novas árvores plantadas.

“Essa é uma vitória do povo aracajuano. Por isso, deve-se colaborar sempre para a preservação dessas mudas plantadas. Procuramos cada vez mais humanizar nossa cidade para que ela se torne modelo em outras regiões. Há 38 anos lançamos essa ideia e plantamos 40 mil árvores e Aracaju era bem menor. Hoje estamos vivendo uma realidade terrível em relação à arborização, pois temos um clima muito quente. Para que possamos comparar, Curitiba tem atualmente mais de 60 metros quadrado de área verde por habitante e nós, possivelmente, somos a capital com menos verde”, alertou João Alves, que recebeu da Secretaria do Meio Ambiente o Projeto de Arborização de Aracaju e canecas que foram adotadas pelos servidores da SEMA evitando, com isso, o uso de copos descartáveis.

De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Eduardo Matos, que é especialista em Direito Ambiental, já existe um planejamento de onde as 10 mil primeiras árvores serão plantadas.

“Fizemos um estudo aprofundado e plantaremos mudas que convivem em harmonia com o meio urbano. A Diretoria de Controle Ambiental da SEMA já mapeou a cidade para o plantio dessas novas árvores inclusive com projetos de mini bosques, proporcionando uma capital mais sombreada. Selecionamos mais de 30 espécies pela diversidade, qualidade e resistência”, reforçou o secretário.

O presidente da Embrasil, Samir Astassie, destacou a preocupação do prefeito João Alves em atender as necessidade das capital sergipana em relação ao meio ambiente. “A pedido do prefeito, já identificamos os pontos da cidade que serão instalados as novas mudas para que haja a preservação das calçadas, bueiros e fiação já existente no local. João Alves está de parabéns pela iniciativa”.

Presenças

Participando do plantio das novas mudas na rótula da avenida São Paulo, estiveram presente o presidente da Câmara de Vereadores, Vinícius Porto, os vereadores Agamenon Sobral, Ivaldo José, Renilson Felix, Adriano Oliveira, Valdir Santos e pastor Roberto Moraes.

Também prestigiaram o evento o secretário Municipal da Administração, Edgar Silveira; da Juventude e do Esporte, Carlos Eloy; da Cultura, Josenito Vitale (Nitinho); e o presidente da Empresa de Serviços Urbanos, Júlio Flores.

Fonte: SECOM Aracaju


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image