AJU BIKE FOTO ANDRE MOREIRA 5

Continuando os investimentos em mobilidade urbana e principalmente em alternativas que melhorem a qualidade de vida do aracajuano, o prefeito João Alves Filho e o vice-prefeito José Carlos Machado entregaram neste domingo, 30, à população, na Orla da Atalaia, o Caju Bike. Um sistema composto por estações com bicicletas espalhadas pela cidade, onde qualquer pessoa pode utilizar para prática de atividade física, ou até mesmo como meio de transporte.

A ideia foi implantada de forma semelhante em várias cidades do Brasil e no exterior. Foram entregues hoje cinco estações com 50 bicicletas. Até o final de maio, os aracajuanos terão 20 estações com 200 bicicletas disponíveis em vários bairros da capital.

Geograficamente, Aracaju, em maior parte, é plana, e os aproximados 60 km de ciclovias favorecem o uso de bicicletas como prática esportiva. Outra alternativa é usá-la também para deslocamento na cidade, o que, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas, evita-se os transtornos causados pelo excesso de veículos que transitam atualmente na cidade.

O prefeito de Aracaju disse que conheceu esse sistema no exterior, e que a implantação do Caju Bike na capital sergipana é a realização de um sonho. João Alves ainda anunciou ampliação das ciclovias.

“Quando conheci esse sistema em Paris percebi que Aracaju era a cidade ideal para a implantação das bicicletas compartilhadas. Hoje já existem em várias cidades do Brasil como São Paulo, Salvador e Recife. Nessas cidades, a grande dificuldade é a inexistência ou quantidade insuficiente de ciclovias. Em nossa capital são 55 km de ciclovias e em dois anos teremos o dobro. Serão 110 km de pistas exclusivas para os ciclistas”, destacou o prefeito.

Para poder utilizar o serviço basta realizar um cadastro pela internet com as informações necessárias ou no próprio painel existente nas estações. Outra opção é fazer o cadastramento através do aplicativo para celular, que já está disponível para os cidadãos.

“Essa é mais uma alternativa segura e saudável. Com a mensalidade no valor de R$ 10 o cidadão pode utilizar a bicicleta quantas vezes quiser durante os 30 dias, com intervalos de 15 minutos entre as horas de uso”, explicou o superintendente da SMTT, Nelson Felipe, pontuando que, a população ainda pode fazer a opção de apenas ter a bicicleta por um dia.

A grande parceira da Prefeitura de Aracaju para a implantação do Caju Bike foi com a empresa Net, que proporcionou a possibilidade melhorar a qualidade de vida dos aracajuanos através do sistema de bicicletas compartilhadas. De acordo com o gerente de operações da NET em Aracaju, André Haji, “essa parceria é um presente que a empresa dá a toda a população da capital. Entendo que esse é um projeto de mobilidade urbana e voltado para a saúde da população. A Prefeitura de Aracaju está de parabéns”.

Fonte: SECOM Aracaju


Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado


Responsive image
Responsive image