didi

Renato Aragão comandou nesta quinta-feira (4), no Projac, o lançamento do telefilme ?Didi e o Segredo dos Anjos?, um dos especiais que a TV Globo exibe como parte de sua programação de fim de ano. Trata-se de uma aventura estrelada pelo eterno Didi, com participações especiais da cantora Anitta, como um deusa, além de Fernanda Vasconcellos, Jayme Matarazzo, Dedé Santana e Lima Duarte, entre outros.

Roteirista da atração, Marcelo Saback comemorou o fato de ter sido o escolhido para a missão de passar para o papel as ideias de Renato Aragão. ?Foi um prazer escrever pra essa figura antológica que faz parte da história de todo mundo. Foi um trabalho muito exaustivo, mas importante. A ideia partiu do Renato. Ele queria fazer uma trama que juntasse emoção, ação, aventura e também humor. Tinha que ser um texto que pudesse condensar tudo isso para o Didi que é o nosso herói mais anti-herói.?

Diretor de núcleo, Jayme Monjardim contou que já batalhava há tempos para produzir telefilmes na Globo. ?O mais importante é ver como as coisas vão acontecendo. Inaugurar essa nova fase com o Renato é super importante. O Renato é a figura da criança brasileira. E nesse trabalho ele se doou 100% e teve o tratamento que merece. Ele merece tudo.?

Renato rebateu: ?Para com isso, Jayme… Eu me senti mais um. Não teve um número dois nesse elenco, todos fomos um. Ele aproveitou para dizer que o grande merecedor dos louros neste trabalho foi Marcelo Saback. ?Todo projeto que faço, passo um ?sinopsão? com 20, 30 páginas. Desta vez combinamos tudo em um almoço. Eu só passei o tema. O sucesso é todo dele.?

Com relação às filmagens, Renato contou que foi cansativo. “Esse foi diferenciado de tudo, porque tinha muita ação. A parte de estúdio foi pouca, e no estúdio é que tem conforto, que dá para descansar. Nós fizemos praticamente 70% no meio do mato, em externas”. E ele usou dublê? “Usei, mas não uso muito não para não gastar (risos).”

O ícone do humor brasileiro aproveitou para relembrar a situação delicada pela qual passou neste ano, quando teve um infarto, em março, e precisou colocar um stent no coração. ?Pensei que nunca teria problema no coração. Porque tenho uma alimentação balanceada e cuido muito da saúde. Mas tive uma emoção muito forte. Não precisou abrir nada, foi tudo feito pelo pulso. E pronto! Estou curado de tudo. O médico falou: ?Te dou mais 70 anos de vida agora?. Eu respondi: ?É muito, dá metade pra quem precisa?. Quiseram me levar, mas não teve jeito. Vou ficar aqui mais um pouquinho.?

Fonte: IG Gente


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image