BREAKFAST-CLUB 0Depois de pensar muito sobre com qual filme deveria iniciar, acabei me decidindo pelo Clube dos Cinco. Esse foi meu primeiro filme do Brat Pack (nome dado ao elenco que se repetiu em diversos filmes com temáticas parecidas na década de 80), é um clássico dos chamados filmes de ensino médio.

O Clube dos Cinco retrata uma tarde de detenção para 5 alunos no colégio Shermer, ao final do castigo eles precisam entregar uma redação individual dizendo quem eles pensam que são, porém nenhum deles está realmente disposto a escrever. Andrew, Brian, John, Claire e Allison acreditam que são completamente diferentes, mas com as horas de convivência percebem que eles passam pelas mesmas coisas, cobranças em casa, pressão da sociedade, medo da rejeição e uma frequente dúvida sobre o futuro, situações comuns para os jovens até hoje.

Uma grande amizade vai surgindo durante a tarde, mesmo com as inúmeras interrupções do diretor Vernon, que considera todos ali delinquentes juvenis. Em determinado momento, toda essa animação e cumplicidade é quebrada por uma simples questão: e amanhã? Os populares vão continuar conversando com o nerd da classe? A princesa irá assumir o interesse pelo garoto rebelde? O atleta irá continuar interessado pela garota introspectiva? Eles irão finalmente enfrentar os pais? Ou tudo irá voltar como se aquela tarde nunca tivesse ocorrido?

{youtube}Lw6N0T0-yls{/youtube}

O filme tem diálogos incríveis, cenas divertidas, uma ótima trilha sonora e os personagens são encantadores, cada um com o seu jeito próprio. É bastante interessante ver a relação entre os alunos se desenvolvendo, além das cenas muito bem construídas entre Vernon e Reed, o zelador. O roteiro de Hughes é realmente inspirador, é leve, criativo e, na minha opinião, funciona tão bem nos dias atuais como funcionou em 1982.


Beijos,

Carol Santos.

entre telas capa


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image