grande-atalaia onibus 050913

O Sindicato das Empresas do Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) encaminhou à SMTT, no dia 09 deste mês, as atualizações dos custos que envolvem a prestação do serviço de transporte coletivo da Grande Aracaju. Como de praxe, este balanço é enviado anualmente para que seja avaliado pela Superintendência, e esta faça as ponderações, com base na Lei Municipal que rege sobre o equilíbrio financeiro do setor do transporte.

O Setransp em seguida apresentou uma projeção mínima de R$ 2,85 para a tarifa. Mesmo assim, segundo as empresas, neste valor não está incluído novos investimentos no setor. Já na Câmara dos Vereadores foi apresentado pela prefeitura um projeto que trata do reajuste tarifário no valor de R$ 2,70, e este deverá ser votado nesta quarta-feira, a partir das 9h, na Câmara dos Vereadores.

No material enviado pelo Setransp foram pontuadas questões como a defasagem da tarifa de ônibus, que segue em, praticamente, dois anos sem reequilíbrio tarifário. O sistema esteve com a tarifa congelada em 2012, em 2013 ocorreu um reajuste mínimo que ainda foi reduzido no mesmo ano, e em 2014 a tarifa permaneceu sem alterações. No entanto, nesses dois anos os custos para prestação do serviço sofreram consideráveis reajustes, entre eles, um acréscimo de 20,64% nas despesas com pessoal e 21,5% a mais de custo com combustível.

Fonte: infonet.com.br


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image