grande-votacao 1 tarifa 171214

A Câmara de Vereadores de Aracaju aprovou nesta quarta-feira, 17, o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que traz um reajuste de 14,9% na tarifa do transporte coletivo. Com isso, o valor que atualmente é de R$ 2,35 passará a custar R$ 2,70.

O vereador Iran Barbosa criticou o reajuste, alegando que o valor é absurdo e que o projeto não trouxe os documentos necessários à sua analise. Ainda na visão do vereador, não houve tempo suficiente para a apreciação do projeto.

?O executivo optou por encaminhar o projeto no apagar das luzes do ano legislativo, às 22h de um dia intenso de trabalho, depois que toda a imprensa já havia saído. Também não houve tempo para a análise do projeto que veio sem os documentos necessários. Não é só o acompanhamento da planilha de custos, mas do método de cálculo usado, dos estudos de parametrização, das análises técnicas. Nada disso veio acompanhado o projeto?, alega.

O líder do prefeito na CMA, o vereador Agnaldo Feitosa, alegou que os vereadores não podem criticar o valor do reajuste sem fiscalizar os preços in loco. ?Eu prefiro acreditar nos técnicos da SMTT que conseguiram, através dos cálculos, reduzir o pedido da Setransp que era de R$ 2,85 para R$$ 2,70. Vale lembrar que esses cálculos envolvem salários de funcionários, parte administrativa, manutenção do transporte e preço do combustível. Votei a favor e com segurança?, destaca.

12 vereadores votaram a favor do reajuste e 7 foram contra. O reajuste será colocado em prática após a sanção do prefeito de Aracaju, João Alves Filho.

Fonte: infonet.com.br


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image