Azeitona é saudável e calórica
Ótima para aumentar o bom colesterol, ela deve ser evitada por quem foge dos quilinhos a mais na balança


foto principal 1

Verdes ou pretas, sem caroço ou recheadas, as azeitonas são uma das estrelas da culinária. Referência para um elogio tal o valor que se dá ao seu sabor agregado a alguns preparados. ?É a azeitona da empadinha?, costuma-se dizer para enaltecer alguém ou alguma situação. No entanto, o fato é que muita gente não dá bola para ela. Não raro, é retirada sem pena e remorso dos pratos, embora seu sabor e aroma dêem outro paladar a receitas tradicionais, simples ou complexas.

Originária do Oriente, a azeitona é fruto da oliveira. Sua coloração varia do verde aos tons acinzentados, dourado, castanho-claro, roxo ou preto. Quanto mais escuro mais tempo o fruto maturou no pé. Os tipos mais consumidos no Brasil são a azeitona preta, azeitona portuguesa, azeitona verde e azeitona chilena.

Existem azeitonas para prensar, existem as para comer. Mas atenção, nunca consuma as recém-colhidas – são terrivelmente amargas. Ela fica apropriada ao consumo depois que passa por um processo alcalino e de ser colocada na salmoura, onde é fermentada para adquirir a textura e sabor ideal.

Alimento rico em ácidos graxos insaturados, a azeitona é ótima para aumentar o bom colesterol no organismo e para regular o intestino. Possui também sais minerais, tais como, fósforo, potássio, sódio e silício, além de vitaminas A, C, B1 e B2. Em compensação, é um produto extremamente calórico – 145 calorias para cada 100 gramas. Por isso, embora o azeite de oliva, principal produto da azeitona, seja considerado saudável, é bom não exagerar no consumo.

Apetitosas e nutritivas, a azeitona dá um toque de cor aos pratos e é uma delícia servida como antepasto, com fatias de pão. Cai muito bem jogada à mostra por cima do queijo derretido de pizzas suculentas ou escondida dentro do recheio de pastéis saborosos, em sanduíches, molhos, tortas salgadas, decorando e compondo drinques e coquetéis sofisticados ou até mesmo servindo puras, como aperitivo para acompanhar uma cerveja. Seja como for, a azeitona não pode faltar. É por isso que apresentamos na dica de hoje uma entrada pra lá de especial com esse ingrediente: Wrap com Rosbife e Creme de Azeitona.


Receita da Semana

foto azeitona

Wrap com rosbife e creme de azeitona

INGREDIENTES

*2 xícaras (chá) de azeitona verde sem caroço *1 xícara (chá) de cream cheese *2 colheres (sopa) de azeite de oliva *8 tomates secos médios picados *10 folhas de manjericão *150 g de rosbife em fatias finas *4 pães para tortilla

Para acompanhar: alface frisée

Para decorar: azeitona recheada com pimentão vermelho e azeite batido com escarola

MODO DE PREPARO

1. Disponha no copo do processador as azeitonas, o cream cheese e o azeite de oliva. Bata até obter uma pasta. Reserve. 2. Misture os tomates secos com o manjericão. 3. Para a montagem: abra os pães em uma superfície lisa e espalhe em um dos lados a pasta de azeitona. Distribua o tomate seco e o rosbife. Enrole o pão (começando pelo lado do recheio) apertando com suavidade, formando rolinhos. Corte os wraps em fatias e prenda cada uma com palitos. 4. Sirva com alface frisée. Decore com azeitona recheada com pimentão vermelho e azeite batido com escarola.


Harmonização

vinho 020

Tinto elaborado com uvas Cabernet Sauvignon de altos vinhedos, o que aporta finos taninos e viva acidez. Produzido por Finca Antigua na região de La Mancha, na Espanha, em vinhedos próprios. O vinho permanece seis meses em barricas novas de carvalho americano. Temperatura indicada de serviço de 16 a 18ºC. Possui teor alcoólico de 13,5. Combina com carnes vermelhas, cordeiro e caça. Ótimo também para acompanhar o Wrap com rosbife e creme de azeitona.


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image