grande-fibrose pessoas 080913

A Associação Sergipana de Fibrose Cística (Inspira) denuncia que um medicamento muito importante para o tratamento da doença está em falta há quatro meses. O remédio conhecido como Creon não está sendo disponibilizado pelo estado e o caso já foi denunciado no Ministério Público Estadual (MPE).

Segundo a presidente da Inspira, Gabriela Silva, as famílias que necessitam desse remédio em Sergipe estão sobrevivendo de doações. ?Já tem mais de um mês que a denuncia foi feita e não tivemos retorno do Ministério Público. Com relação ao estado, a resposta que recebemos é que questão de licitação. Mas se o medicamento é de uso contínuo, não pode deixar que falte?, alega.

Gabriela possui dois filhos com Fibrose Cística e conta que, se tivesse que tirar do próprio bolso para comprar este remédio, teria que gastar R$ 1.200 para cada criança. Ela explica que em Sergipe há uma deficiência muito grande em medicamentos e que, de uma vasta lista que os pacientes da doença precisam, apenas dois são disponibilizados no estado.

?É uma luta constante. Existe também um medicamento inalatório que custa R$ 6.500 e quem precisa só conseguiu através de decisão judicial. Esse remédio nem na farmácia vende e nós queremos que o estado forneça?, afirma a presidente da associação.

De acordo com dados da Inspira, há 42 casos de Fibrose Cística conhecidos em Sergipe. Gabriela conta que há três meses o estado já está fazendo o teste do pezinho para a doença pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que em três meses de triagem neonatal já foram confirmados dois novos casos da Fibrose em Sergipe.

MP e SES

O Portal Infonet tentou entrar em contato com a promotoria da saúde do MP e com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para obter esclarecimentos, mas não obteve êxito. Continuamos à disposição através do telefone (79) 2106-8000 ou do e-mail [email protected]

Caminhada

Neste sábado, 6, às 9h, acontece uma caminhada para chamar a atenção da sociedade a respeito da Fibrose Cística. O ponto de concentração é o mirante do Calçadão da 13 de Julho. A iniciativa acontece em mais 17 estados do país.

Fonte: infonet.com.br