Divulgação Hercules Rakauskas_divulgação

Dos três filhos com quem Caetano Veloso partiu em bem-sucedida turnê, em outubro de 2017, Zeca, irmão do primogênito Moreno e do caçula Tom (integrante do grupo Dônica), era o menos conhecido. Dono de indisfarçável timidez e elevado grau de autocrítica, ele demorou a tomar coragem para mostrar composições ao patriarca. Uma delas, Todo Homem, homenagem à mãe, Paula Lavigne, com letra recheada de belas figuras de linguagem, se tornou sucesso absoluto do giro em família e assegurou lugar em Ofertório, disco que o quarteto lança no Vivo Rio.

Além de autor promissor, Zeca surpreende com corajosos falsetes, recurso bem dosado em canções paternas, como Um Canto de Afoxé e Força Estranha. Os irmãos também têm seus momentos: Moreno em How Beautiful Could a Being Be, parceria com o pai, e Tom, que, afora o talento musical, revela-se um pé de valsa.

Fonte: Veja Rio, por Dilson Júnior


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image