Foto de divulgação El Prestamo é novo single do Maluma

O show de Maluma em Palencia, ne Espanha, está sofrendo forte pressão popular para não acontecer. Uma petição no site Change.org, assinada por Carlota Lera, quer impedir o cantor de se apresentar na cidade. O motivo? As letras misóginas e machistas.

“Suas letras machistas, misóginas e degradantes a todos e para as mulheres em particular”, diz o texto, ressaltando que o evento é bancado pelo município e utiliza instalações públicas.

O concerto custará à Prefeitura local mais de 300 mil euros. O documento virtual circula desde o dia 19 de abril e já colheu mais de dez mil assinaturas.

“Existem muitíssimas alternativas culturais mais adequadas e respeitosas que esse artistas, sem medo que a cidade perca os benefícios derivados de um concerto de tal magnitude”, conclui a petição.

Novo álbum será lançado em 18 de maio

Maluma, enfim, revelou a data de lançamento de FAME, o álbum sucessor de Pretty Boy, Dirty Boy, que chegou ao mercado há três anos.

O projeto antecipado por Felices Los 4, Corazón, El Préstamo, entre outros hits, será publicado no dia 18 de maio, exatamente uma semana antes de Vibras, do J Balvin.

E o anúncio foi feito em grande estilo, com a apresentação de dois teasers de tirar o fôlego!

Uma montanha-russa, disse Maluma sobre FAME

“Será uma montanha-russa de muitos gêneros musicais, de experiências, de temas que me saíam do coração. Será um disco muito humano, vocês vão gostar muito. Terá trap, reggaetón, pop comercial, um tema em inglês, músicas para dançar e até uma balada, é isso que vão encontrar no meu disco”.

Foi assim que Maluma apresentou FAME. ao diário Notimex. O lançamento não deve demorar: já está decidido que o disco chegará ao mercado ainda no primeiro semestre de 2018 e, segundo o colombiano, deve coincidir com o início de sua nova turnê mundial.

 

“Não procurarei causar polêmica. As pessoas devem fazer balanços e serem versáteis na hora de fazer música”, disse o jovem acusado de promover machismo e misoginia em Cuatro Babys.

“Nosso gênero enriqueceu, já que aqui não há reinados e os primeiros lugares estamos compartilhando todos, porque aqui não há inveja, nem egoísmo e todos fazemos muitas colaborações”, completou Maluma sobre o sucesso do gênero urbano.

Fonte: LatinPop Brasil


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image