eta mundo bom

O primeiro capítulo de “Êta Mundo Bom” não fez sucesso apenas nas redes sociais. A nova novela das seis da Globo alcançou números expressivos de audiência no Rio de Janeiro e em São Paulo. Na capital paulista, por exemplo, o folhetim escrito por Walcyr Carrasco marcou 26 pontos, superando as últimas dez estreias no horário. A última novela a alcançar esse número na abertura foi “Araguaia”, em 2010.

No Rio de Janeiro, a estreia de “Êta Mundo Bom” foi ainda melhor. O folhetim das seis marcou 29 pontos, superando a audiência no primeiro capítulo das duas novelas anteriores: “Além do Tempo” e “Sete Vidas”. A marca se igualou à alcançada por “Boogie Oogie”.

Segundo a Comunicação da Globo, a boa estreia fortaleceu ainda a audiência dos programas seguintes, dando um “efeito cascata”. O telejornal “RJ-TV 2ª edição”, exibido em seguida, marcou 31 pontos, recorde desde outubro de 2014. Já o “SP-TV 2ª edição” alcançou 27 pontos, maior audiência desde setembro de 2015.

E não parou por aí. “Totalmente Demais” também bateu recorde no Rio e em São Paulo – 32 e 29 pontos, respectivamente -, assim como “A Regra do Jogo” – 38 e 33 pontos, respectivamente.

Bom humor e otimismo

?Êta Mundo Bom? é inspirada em ?Candinho?, filme de 1954 estrelado por Mazzaroppi e se passa nos anos 40. O novo folhetim das seis mostra a vida de Candinho (Sérgio Guizé), jovem conhecido por driblar as dificuldades da vida sempre com bom humor e otimismo. Seu lema de vida é: ?Tudo o que acontece de ruim na vida da gente é pra meiorá?.

Ele foi separado da mãe logo após seu nascimento e acolhido pelo casal Cunegundes (Elizabeth Savalla) e Quinzinho (Ary Fontoura), donos de uma fazenda localizada no interior de São Paulo. Já adulto, vivendo como empregado na casa, ele foi expulso ao se apaixonar pela filha mais velha dos patrões, Filó (Débora Nascimento).

Orientado por Pancrácio (Marco Nanini), amigo da família que o criou e seu grande mentor e protetor, ele seguirá para a capital em busca da mãe biológica, Anastácia (Eliane Giardini), que nunca conheceu. Ela, a essa altura uma viúva milionária, também está à procura do filho, mas a sobrinha Sandra (Flávia Alessandra) fará de tudo para atrapalhar esse encontro, pois teme perder a posição de herdeira.

eta mundo bom 2

Fonte: Ego