Bandeirolas coloridas, trajes caipiras, quadrilha e criançada animada. Já foi aberta a temporada dos tradicionais festejos juninos nas escolas municipais de Aracaju. Apoiados pela Secretaria Municipal da Educação (Semed), os arraiais nas unidades de ensino promovem a interação entre as famílias, professores e alunos. Realizados também com a colaboração dos pais, além da diversão, as festas ainda ajudam a manter o diálogo entre a comunidade escolar.
 
Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Presidente Vargas, a manhã desta quinta-feira, 21, iniciou com um delicioso café da manhã cheio de comidas típicas. Mas antes das comemorações iniciarem, os pais dos alunos do 5° ano assistiram uma palestra que deu início ao projeto ‘Conectando Família na Escola’. Com o tema ‘Dever de casa é tarefa de quem?’, o professor da Emef, Alessandro Félix dos Santos, e a coordenadora de ensino fundamental da Semed, Ana Débora França, explicaram sobre a importância do acompanhamento da vida escolar dos alunos pela família.
 
O clima de São João foi propício para a aproximação com os pais dos estudantes. “Neste momento, o tema é sobre dever de casa, com isso, buscamos trazer para os pais o compromisso com o acompanhamento das atividades dos filhos em casa. Hoje, um grande problema encontrado nas escolas de ensino fundamental é justamente porque os alunos não fazem o dever de casa e estes alunos acabam aprendendo menos”, afirma a diretora da Emef, Elienai Góes. 
 
Os pais dos alunos do 5° ano compareceram à reunião e também contribuíram com a realização do café da manhã junino. “Trazemos a família para a escola, para sentar ao lado do filho. A cada unidade que encerramos, promovemos uma reunião com os pais, mas não é naquele modelo antigo, para os pais ouvirem reclamações e não poderem nem falar. Vamos observando durante o ano como está esse acompanhamento em casa e proporcionar para essa família o prazer de também estar na escola”, explica o professor Alessandro.
 
 
Arraial
 
Já na Escola Municipal de Ensino Infantil (Emei) Pierre Averan, no Bairro Industrial, o momento foi de confraternização entre toda a comunidade escolar. Fruto do esforço da direção, professores e pais, o arraial contou até com quadrilha dos alunos matriculados na Emei, de um a quatro anos. “É uma festa de família, que reunimos todos para comemorar. É importante que eles conheçam a cultura e se expressem tanto na música como na escrita, na expressão oral e artística. Trabalhamos este tema durante quinze dias antes do festejo para que eles possam entender este momento”, destaca a diretora da Emei, Natália Ramos. 
 
Mesmo ainda estando na primeira infância, os alunos já começam a entender o significa da tradição junina. “Pelo fato de estarmos no Nordeste, as crianças, muitas vezes, já têm essa vivência do São João em casa, por isso também trabalhamos esta temática aqui na escola. Essa festa foi pensada como um momento de confraternização com todas as famílias, pois trabalhamos juntos, coordenação, professores e pais, todos com o objetivo de concretizar esta linda festa”, pontua a coordenadora pedagógica da Emei, Nayara Maria Almeida.
 
Os pais compareceram ao festejo junino da Emei e não deixaram de elogiar o trabalho realizado todo o ano. “É muito gratificante ver o cuidado e o carinho que as professoras têm pelos nossos filhos e sempre busco agradecer isso a elas como também me envolver nas atividades da escola. Para este São João, todos nos unimos para ajudar na realização desta festa”, conta a representante do conselho escolar, Débora Cristina dos Santos.
 
 

Fonte: Prefeitura de Aracaju


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image