gm-624-1368807361

George Michael decidiu, por vontade própria, se internar em uma clínica de reabilitação na Suíça, segundo os sites Bild e 20min, ambos da Alemanha.

De acordo com a publicação, fontes afirmaram que o cantor estava fumando 25 baseados por dia e em função desse abuso resolveu se tratar no centro de recuperação Kusnacht Practice, em Zollikon, que é especializado no vício em drogas, sexo, álcool, jogos e distúrbios alimentares.

Não é novidade que o artista, que lançou seu último trabalho em 2014, sempre esteve envolvido com álcool e drogas, mas parece que o cantor de Faith chegou ao seu limite e decidiu procurar ajuda.

O tratamento na clínica custa algo em torno de 100 mil euros, o equivalente a R$ 350 mil, e já atendeu outros nomes famosos, como o designer John Galiano.

Fonte: O Fuxico