Apoiador de Bolsonaro para a campanha presidencial de 2018, sertanejo reforçou seu desejo da revogação do estatuto do desarmamento

Em vídeo, Gusttavo Lima atira com fuzil e diz apoiar Bolsonaro
Roberto Filho/Brazil News

Gusttavo Lima se defendeu após um post polêmico onde ele aparece atirando com fuzil. Na primeira publicação, na quinta-feira (22), o cantor falou sobre Lei do Desarmamento e declarou apoio a Bolsonaro na campanha presidencial de 2018.

— Hoje em dia no Brasil só está desarmado o cidadão de bem. Revogação do Estatuto do desarmamento já… Nossas família e nossas casas protegidas, Barrett .50… Tarde no clube de tiro, thank You brooo @mullertraining !!! #bolsonaro2018 @jairmessiasbolsonaro

No dia, o post provocou polêmica no Instagram do cantor, trazendo opiniões divididas. Já na noite do domingo (25), Gusttavo voltou a falar do assunto em mais um vídeo publicado na rede. Com um jeito tranquilo, ele explica melhor sua opinião sobre o assunto (assista abaixo).

 — Eu sou sim a favor do porte de armas… para pessoas coerentes, sem antecedentes criminais, que querem cuidar de suas famíias e bens maiores.

O vídeo ainda veio acompanhado de um pequeno “texto recado” para os seguidores que criticaram o sertanejo.

— Democracia é o regime político em que a soberania é exercida pelo povo… (OPINIÃO) Você pode até não concordar, mas respeitar sim…

Fonte: R7, por Daniel Vaughan


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image