Representantes de órgãos envolvidos na realização do Forró Caju 2018 estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, 30, no Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, para discutir a logística do evento. Foram debatidos todos os detalhes, dos seis dias de festa, para que a segurança e o conforto do público sejam garantidos.

Para o secretário municipal da Comunicação da Prefeitura de Aracaju, Luciano Correia, a reunião foi muito importante, já que, neste ano, a festa foi ampliada e o planejamento prévio é essencial. “Devemos redobrar o trabalho nos aspectos de prevenção, estrutura, acessibilidade, e, principalmente, em segurança, para que a população possa comemorar a festa em todos os seus aspectos”, destacou.

A edição do Forró Caju deste ano acontecerá nos dias 22, 23, 24, 28, 29 e 30 de junho, das 20h às 3h30, na Praça Hilton Lopes, situada entre os Mercados Centrais da capital. Como novidade para este ano, além das atrações na praça dos Mercados Centrais, também haverá shows em alguns bairros. No total, serão 130 atrações entre locais e nacionais. 

A festa acontece há 17 anos e recebe um grande público, por isso a necessidade de realizar uma reunião com antecedência para dar os últimos ajustes, como destaca o presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Cássio Murilo Costa “A partir dessa reunião, temos o nivelamento de informações com os órgãos municipais e estaduais para atender as demandas de cada instituição e estabelecermos metas para cumpri-las o mais rápido possível, pois essa organização é uma marca do prefeito Edvaldo Nogueira”, observou. 

Presenças

Participaram da reunião, além do secretário da Comunicação, Luciano Corrêa, e do presidente da Funcaju, Cássio Murilo Costa, representantes das polícias Civil e Militar, Samu, Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Corpo de Bombeiros, Secretaria da Defesa Social e Cidadania, Defesa Civil Municipal, Guarda Municipal, Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Sanitária Municipal e Vigilância Epidemiológica, Secretaria Estadual da Saúde, através do Samu, Juizado da Infância e da Juventude e Secretaria do Meio Ambiente (Sema).

Fonte: Agência Aracaju de Notícias


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image