Servidores da Saúde realizam protesto na manhã desta segunda-feira (8), no Centro Administrativo de Aracaju para anunciar que começa hoje a greve.

Entre as reinvindicações dos servidores ligados a nove sindicatos estão o atraso do pagamento e o reajuste salarial de 4,42% acordado no fim da greve no dia 15 de julho que segundo a categoria não foi cumprido.

A Secretaria Municipal da Saúde informou por meio da assessoria de comunicação, que mesmo com a paralização as unidades de saúde da capital vão ficar abertas para atender a população.

Fonte: iSergipe