Os alunos do curso de medicina da Universidade Federal de Sergipe (UFS) realizaram um trote diferente para dar as boas vindas aos calouros do curso. No lugar de brincadeiras pesadas (comum nos trotes em algumas faculdades), a palavra de ordem foi solidariedade. Dessa forma, os alunos tiveram que se unir para arrecadar a maior quantidade de alimentos não perecíveis.

A ação é uma iniciativa do professor Aderval Aragão, presidente da Somese, que há alguns anos promove o trote solidário com os alunos dele na disciplina de anatomia humana e recém-chegados no curso de medicina da UFS.

Ao todo, foram arrecadadas mais de meia tonelada de alimentos que foram distribuídos entre cinco instituições pelos próprios alunos juntamente com o professor Aderval. Participaram da entrega, os alunos Bento Fonseca, Diego Teles, Gabriel Pacheco, Lucas Silva e Paulo Eduardo Gonçalves.

O aluno Bento Fonseca, calouro do curso de medicina, destacou a importância de participar desse tipo de ação.  “É muito bom fazer esse tipo de doação porque a gente entra no curso de medicina e o foco, na maioria das vezes, é cuidar da doença e não do ser humano. E com essa iniciativa do professor Aderval a gente passa a olhar com outros olhos para as pessoas, principalmente para aquelas mais carentes e não somente estudar o corpo humano. Então, com essa iniciativa dele do trote solidário, ao invés da gente sofrer com algumas coisas que são comuns nas universidades, a gente consegue unir mais os estudantes em torno de uma causa tão importante”, destacou ele.

A Associação de Apoio aos Adultos com Câncer do Estado de Sergipe (AAACASE); a Igreja Evangélica Independente, localizada no Siqueira Campos; o Externato São Francisco de Assis; a Comunidade Católica Servos da Santíssima Trindade – Casinha de Jesus e a Associação dos Bugueiros da Praia do Saco foram as entidades beneficiadas.

A irmã Maria Mabel, diretora do Externato São Francisco de Assis, agradeceu a iniciativa que vai beneficiar as 84 crianças atendidas pela instituição. “Os alunos de medicina estão de parabéns. Não é a primeira vez que eles fazem isso, já fizeram ano passado, e a gente fica feliz em ver uma iniciativa valorizando o social. Aquilo que seria uma coisa inversa, fazer uma brincadeira que desagrade, que maltrate e até que humilhe o outro, eles escolheram o caminho do trote solidário e que muda vidas. E a gente agradece muito por eles estarem espalhando essa semente do bem”, destacou.

O pastor Cleófas Santana, representante da Igreja Evangélica Independente fez questão de parabenizar e agradecer aos calouros do curso de medicina. “Eu acho isso muito válido, muito humano porque atende, principalmente, as pessoas carentes que nós temos aqui na nossa comunidade”, disse.

Já a assistente social da AAACASE, Sheyla Miucha, destacou a importância desse tipo de ação para a instituição. “Receber vocês já um prazer imenso, ainda mais com uma doação tão significativa como essa. Todo tipo de doação é bem vinda para a ONG, porque a casa é mantida, exclusivamente, por doações. E, além da alimentação fornecida aqui na casa, doamos mensalmente cerca de 120 cestas básicas”, destacou Sheyla.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Nada foi encontrado

Responsive image