Na tarde do último sábado, 8 de dezembro, a Praça Alameda das Árvores, no bairro Luzia, ganhou uma atração a mais voltada para as crianças com mobilidade reduzida. Com iniciativa do vereador Thiaguinho Batalha e a viabilidade da Construtora Celi, foi inaugurado o primeiro brinquedo adaptado.

“É uma inclusão social que temos que levar para toda a cidade. Uma coisa que não onera os cofres públicos, já que fomos atrás de parceiros para viabilizar o projeto como este primeiro que foi através da Construtora Celi e já temos outras empresas interessadas no projeto. Uma atitude para que tenha mais igualdade social e que as crianças com deficiências motoras possam brincar de igual para igual nas praças públicas”, afirmou Thiaguinho.

O jovem vereador disse ainda que esse projeto é uma lei municipal que já existe desde 1996, mas ainda não está em vigor.  

“Nós pegamos a lei, modificamos toda e colocamos que a partir do momento em que seja publicada esta lei, o prefeito entre com uma parceria público-privada e seja realizada. Porém, só conseguimos aprovação na câmara e ainda não tivemos retorno do executivo. Acho que a nova política não nos permite que fiquemos de braços cruzados esperando o dinheiro público. Nós nos antecipamos e tiramos esse projeto do papel para que seja logo realizado. Começamos com este primeiro brinquedo e no dia 20 de janeiro já iremos inaugurar o segundo”, ressaltou o vereador.

Para Byron Silva, organizador do projeto Estrelas do Mar, que atende diversas crianças com necessidades especiais, um projeto como este é visto com bastante felicidade.

“Estamos muito felizes com essa atitude do vereador Thiaguinho Batalha e vemos como ele pensa diferente do normal já que pensa na utilização do espaço público por qualquer criança que tenha deficiência. Você viabilizar que uma criança com deficiência brinque da mesma maneira que uma que não tem deficiência, é tratar com igualdade. Ele não ficou só no papel de legislador e esperar os recursos públicos, ele procurou a parceria privada para implementar o seu projeto. Ficamos muito felizes mesmo com esta atitude”, destacou Byron.


Responsive image

Responsive image

Responsive image

Responsive image
Responsive image